Facilite sua navegação

Blog

Inovação em meio à crise

Publicado, Janguiê Diniz Terça, 22 de Setembro de 2020

Inovação em meio à crise

Se há algo “positivo” nas crises, é que elas sempre forçam evoluções. Quem quer resistir a esses momentos críticos precisa se adaptar, criar novas alternativas, buscar se destacar. Tudo isso de forma muito rápida. Se já se falava há muito tempo da importância da inovação, hoje ela deixou de ser diferencial para se tornar fator essencial para a sobrevivência de profissionais e empreendimentos.

É nos momentos de grandes rupturas, como o atual, que ganham destaques os verdadeiros empreendedores e, consequentemente, os empreendimentos de sucesso. Se dizem que empreender é como se jogar de um penhasco e construir um avião durante a queda, em meio a uma crise, é como trocar o pneu com o carro em movimento. Muitas empresas – ou todas – foram pegas de surpresa pela pandemia e precisaram se adaptar muito rapidamente. As que já tinham planos de contingência ou eram habituadas a pensar de forma inovadora tiveram mais sucesso. A transformação digital foi primordial nesse contexto: com a interrupção das atividades econômicas presenciais, quem estava presente ou entrou no mercado online conseguiu um fôlego financeiro maior.

Daqui para a frente, inovação será cada vez mais necessária. O mercado ficará mais acirrado; o público consumidor, mais exigente. Podemos tomar como exemplo grandes players varejistas como Amazon e Magazine Luiza. As duas empresas têm setores interno exclusivamente dedicados às inovações tecnológicas. Não é à toa que, em vez de sofrerem o impacto da pandemia, surfaram na onda da crise e multiplicaram exponencialmente seus valores de mercado.

Trazendo para a realidade das pequenas empresas, sabemos que não é possível manter laboratórios de inovação, mas a mentalidade inovadora deve ser parte da cultura organizacional. Não é preciso desenvolver grandes soluções, mas, às vezes, pequenas mudanças de perspectiva podem ter ótimos resultados. Para isso, é preciso incentivar nos colaboradores e gestores o olhar atento e dedicado aos processos, produtos e serviços da empresa. O que pode mudar, melhorar, ser mais eficiente? Como podemos oferecer uma melhor experiência ao público? Tudo isso é inovação e sempre tem reflexos positivos no desempenho do empreendimento.

Estamos entrando em uma era em que inovação e transformação digital passam a ser itens de primeira necessidade. Elas, entre outras práticas, garantirão a perenidade das empresas que estiverem em linha com as demandas do mercado e se colocarem sempre em uma posição de movimento, evitando a estagnação. Definitivamente, empresas precisam se reinventar diuturnamente, a fim de se manterem competitivas e atraírem mais consumidores. São novos tempos e, com eles, precisam surgir novos perfis profissionais e empresariais.

Siga meu instagram
Fale no WhatsApp