Facilite sua navegação

Blog

Orgulho Nordestino

Orgulho Nordestino

Publicado, Janguiê Diniz Quinta, 13 de Novembro de 2014

Mais uma vez os nordestinos foram hostilizados por outras regiões do País. E, novamente, a expressão “orgulho de ser nordestino” surgiu como reação a mensagens discriminatórias e xenófobas postadas na internet por ensejo da eleição de Dilma, para presidente do Brasil. Mesmo fato já acontecido em 2010.

Disse o memorável Ariano Suassuna: “… é muito difícil você vencer a injustiça secular, que dilacera o Brasil em dois países distintos: o país dos privilegiados e o país dos despossuídos”. Se a discussão for de cunho político, vale lembrar que o país não está dividido e não foi apenas no Nordeste que Dilma teve vitórias importantes, já que o Sudeste também apresentou resultados expressivos na contagem dos votos: com 54,9% no Rio de Janeiro (RJ) e 52,4% em Minas Gerais (MG). Na realidade, 54,82% dos votos em Dilma vieram das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

Eu não tenho vergonha e muito menos omito dizer que nasci em Santana dos Garrotes, no estado da Paraíba. Fui adotado pelo Recife, isso também me deixa muito orgulhoso. O povo brasileiro é um povo heterogêneo e multicultural, pois se não for, como explicar uma terra onde nasceram Abelardo da Hora, Graciliano Ramos, Manuel Bandeira, Gilberto Freyre, Ariano Suassuna, Sivuca, José de Alencar, Patativa do Assaré, Dom Helder Câmara e tantos outros?

Esse tipo de discurso preconceituoso ao nordestino é lastimável, pois, foi com a força dos nordestinos que o Brasil foi desbravado e construído. Quem escreve e fala assim, demonstra desconhecimento profundo sobre a realidade do nordeste brasileiro. O Nordeste não é mais uma região marcada pela fome, desemprego e pela falta de oportunidade.

Ao contrário. Somos a região onde a economia cresce mais que a taxa registrada no País. A região que mais de dezesseis mil estudantes dessas universidades foram estudar no exterior com o Ciência sem Fronteiras e onde, dos vinte milhões de empregos criados no país, quase 20% foram no Nordeste. Mais de 140 escolas técnicas foram implantadas na região, representando 33% do total no país.

Sinto enorme orgulho de ser nordestino. Esse orgulho de ser nordestino não pode ser entendido como contrário ao orgulho de ser brasileiro, pois sinto imenso orgulho em ser brasileiro. Não importa em quem cada região votou ou quem venceu as eleições. O que importa é deve existir a união para construir um país melhor para todos. Um país mais justo, menos corrupto, mais solidário e com mais oportunidades.

Tecnologia e o futuro das empresas
Publicado, Janguiê Diniz Segunda, 12 de Julho de 2021
Medo, inimigo do sucesso
Publicado, Janguiê Diniz Terça, 06 de Julho de 2021
Siga meu instagram
Fale no WhatsApp